Journalist Corner

If you are a member of the press and would like access to the site or want to speak with someone from OMGYES — please contact press@omgyes.com

Imagens em alta resolução

Here you can download high-resolution images and logos, either all together in a zip folder by clicking here, or separately by clicking them below. Please attribute OMGyes.com for any assets used.

Videos

Logos

??pressPage.logo.title_pt??

All White jpeg, png, eps files

Baixar

??pressPage.logo.title_pt??

Grey and Beige jpeg, png, eps files

Baixar

Quem somos

We’re a group of researchers, filmmakers, engineers, designers, educators and sexologists who are passionate about making an honest, practical resource about women’s pleasure. We wanted this information for ourselves and couldn’t find it! Just knowing that ‘everyone’s different’ isn’t as useful as knowing the specific ways we’re different and being able to discuss them.

Our company is officially called, For Goodness Sake LLC, and our motto is Research + Cause + Courage.

História da fundação

Os fundadores Rob Perkins e Lydia Daniller

Os fundadores Rob Perkins e Lydia Daniller

Lydia Daniller e Rob Perkins fundaram o OMGYes após uma longa amizade. Uma lésbica e um cara hétero que se conheceram na faculdade, onde as conversas sobre sexo levaram a uma conclusão em comum: em uma época aparentemente tão progressiva, o prazer sexual feminino incrivelmente ainda é um tabu. Nem sequer parecem existir nomes para os movimentos específicos que dão prazer às mulheres. Eles procuraram mais informações e ficaram decepcionados ao descobrir que até mesmo os acadêmicos e cientistas não se importavam em pesquisar os detalhes. O que teve início como uma série de entrevistas, cresceu além das expectativas dos amigos; muitas mulheres estavam ansiosas para compartilhar suas histórias e ideias. Sexólogos e pesquisadores proeminentes se juntaram à pesquisa, animados para estudar o que nunca havia sido estudado antes. Quatro anos depois, com mais de 10 funcionários, em São Francisco, o projeto está ganhando vida, combinando filmes, tecnologia e os primeiros dados concretos deste tipo.